Milhares de pessoas acompanham o velório de Dante

Cerca de três mil pessoas já passaram no velório do ex-governador Dante de Oliveira, cujo corpo está sendo velado na tarde desta sexta-feira na Assembléia Legislativa de Cuiabá.Políticos da região, amigos e parentes acompanham o velório. O sepultamento será às 17 horas, no Cemitério da Piedade. Lideranças tucanas e o vice-presidente José Alencar devem comparecer à cerimônia. O ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB), o presidente do PSDB, Tasso Jereissati e o candidato tucano à Presidência da República, Geraldo Alckmin, confirmaram presença no sepultamento. "Pela sua história é uma perda irreparável para Mato Grosso e o Brasil. Estamos chocados", disse o governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, que o derrotou na eleição para governo do Estado, em 2002. Dante morreu na quinta-feira, às 20h45, aos 54 anos, vítima de uma infecção generalizada, provocada por uma pneumonia e agravada por um quadro grave de diabetes. O ex-governador deu entrada no Hospital Jardim Cuiabá por volta das 08h30 e às 14h30 foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva, mas não resistiu.O Estado decretou luto oficial por três dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.