Mil cestas básicas coletadas em Marília

COMPRA DE VOTOS

O Estadao de S.Paulo

06 de outubro de 2008 | 00h00

A Polícia Federal apreendeu mais de mil cestas básicas em Marília, interior paulista, na véspera da eleição. Quem comprou e distribuiu a maior parte delas (853) foi o vereador Marcos Camarinha (PPS). Ele é acusado de compra de votos e de tentar beneficiar o candidato a prefeito Vinicius Camarinha (PSB), seu primo e segundo colocado na disputa. Dezoito eleitores disseram ter recebido cestas. O caso será encaminhado à Justiça Eleitoral.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.