André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Miguel Reale manda mensagem de apoio a Fachin na indicação ao STF

O jurista Miguel Reale Júnior, que assessora o PSDB nos estudos sobre a admissibilidade da tese de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), enviou mensagem de apoio a Luiz Edson Fachin, indicado para ocupar a vaga de Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal (STF).

IRANY TEREZA, Estadão Conteúdo

26 Abril 2015 | 17h29

Na mensagem, Reale Jr destaca que a Corte ganhará com a presença de Fachin. "(...) conte com o meio apoio à sua indicação ao STF, pois divergências no campo dogmático não impedem o devido reconhecimento de sua valiosa contribuição ao ensino e ao desenvolvimento do Direito em nosso país", diz o jurista.

Ministro da Justiça no segundo governo Fernando Henrique Cardoso, Reale Jr é mais um nome forte ligado ao PSDB a referendar a indicação de Fachin, que recebeu críticas da oposição devido à ligação do advogado ao PT - declarou publicamente apoio à candidatura de Dilma em 2010 - e a movimentos sociais, como o MST.

O senador Álvaro Dias (PSDB/PR), que será o relator, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, da indicação para o STF, também já havia manifestado seu apoio a Fachin e chegou a interceder para reduzir a resistência na Casa ao nome do advogado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.