Miguel Jorge reitera ser contra criação da CSS

Nova CPMF foi aprovada na Câmara e ainda vai ser apreciada no Senado; ele defende redução da carga tributária

RICARDO LEOPOLDO, Agencia Estado

13 de junho de 2008 | 14h07

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, reiterou nesta sexta-feira, 13, em São Paulo, que é contra a criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS). " A CSS foi aprovada na Câmara e ainda vai ser apreciada no Senado. Já manifestei que sou contra a nova contribuição, pois, como ministro do Desenvolvimento, defendo a redução da carga tributária", salientou Jorge. O ministro participou de evento promovido pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) em São Paulo, que também contou com a participação dos ex-ministros da Fazenda Delfim Neto e Antonio Palocci.  

Tudo o que sabemos sobre:
CSSnova CPMFMiguel Jorge

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.