Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Michelle Bolsonaro recebe alta após passar por cirurgia estética

Primeira-dama foi operada na quinta, 2, para corrigir um afastamento no músculo do abdome e para trocar as próteses de silicone mamária

Emilly Behnke, O Estado de S.Paulo

04 de janeiro de 2020 | 12h36

BRASÍLIA - A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, recebeu alta neste sábado, 4, após ter passado por cirurgia para corrigir um afastamento no músculo do abdome e para troca de próteses de silicone mamária. Michelle foi operada na quinta-feira, 2, e estava, desde então, em recuperação no hospital DF Star, na Asa Sul. Michelle saiu do hospital por volta de 11h25. A previsão inicial era que fosse liberada entre 8h e 9h.

Em nota, o hospital informou: "A senhora primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, internada no Hospital DF Star após ser submetida a procedimento cirúrgico, apresentou ótima evolução clínica, recebendo alta hospitalar hoje, dois dias após a cirurgia e continuará com acompanhamento pelo médico da família".

Já na sexta-feira, 3, o médico cirurgião responsável, Régis Ramos, informou que Michelle estava bem e se recuperava melhor do que esperado. "Está caminhando, comendo de tudo e muito animada", disse o médico.

As cirurgias, que duraram 4h30, corrigiram uma diástase e uma hérnia umbilical em decorrência das duas gestações de Michelle, segundo informou Ramos no dia do procedimento.

O médico disse ainda que, com o tempo, as próteses de silicone podem causar eventuais dores na mama e, por isso, a cirurgia era necessária. "O implante dela já tinha mais ou menos 10, 12 anos. Aí, então é necessária a retirada do implante para colocar um novo", disse o médico no dia da cirurgia. Durante sua recuperação, a primeira-dama recebeu três visitas do presidente Jair Bolsonaro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.