'Meu coração está com Dilma', diz Chávez

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, reforçou hoje o seu apoio à pré-candidatura da petista Dilma Rousseff à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Meu coração está com Dilma", afirmou o presidente venezuelano, lançando em seguida um beijo. "Te mando um beijo, Dilma." Ele chegou no final da manhã de hoje no Palácio do Itamaraty, em Brasília, onde terá encontro reservado com Lula antes de reunião ampliada com ministros e diplomatas.

DENISE CHRISPIM MARIN, Agência Estado

28 de abril de 2010 | 12h34

Ao ser perguntado como conduziria as relações com o Brasil em caso de vitória do candidato adversário, José Serra (PSDB), Chávez esquivou-se e disse que não se pronunciaria sobre assuntos internos do Brasil assim como o governo brasileiro não se pronunciaria sobre problemas internos da Venezuela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.