Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Mestrinho pede licença do Conselho de Ética

Adversário do presidente licenciado do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), o PFL comandará, a partir da próxima semana, o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, responsável pelas investigações das denúncias contra o peemedebista. O vice-presidente do Conselho, senador Geraldo Althoff (PFL-SC), vai assumir o lugar de seu presidente, senador Gilberto Mestrinho (PMDB-AM), que encaminhou à secretaria-geral da Mesa pedido para entrar de licença médica na próxima segunda-feira. Mestrinho ficará longe do Senado por pelo menos 30 dias, período em que a comissão de inquérito, vinculada ao Conselho de Ética, deverá concluir um relatório a respeito das acusações contra Jader."Não estou fugindo de nenhuma responsabilidade", disse Mestrinho, ao comentar o fato de estar se afastando dos trabalhos em meio à apuração do caso Jader, no Senado. Ele explicou que terá de iniciar um tratamento de radioterapia, já que foi identificado um câncer na próstata. Ligado ao presidente nacional do PFL, Althoff foi subrelator da CPI do Judiciário e, atualmente, preside a CPI do Futebol na Casa. Médico pediatra, ele assumiu a cadeira em novembro de 1998, quando morreu o titular da vaga, Vilson Kleinubing (PFL-SC). Antes de chegar ao Senado, Althoff, que tem bom trânsito na Casa, tinha tido apenas uma experiência no Legislativo: foi vereador da cidade de Tubarão, em Santa Catarina. "Eu darei prosseguimento regimental aos fatos envolvendo Jader Barbalho", declarou o pefelista, autor de um requerimento encaminhado ao Conselho contra o líder do bloco de oposição no Senado, José Eduardo Dutra (PT-SE), suspeito de ter participado da fraude no painel eletrônico de votação. Althoff pretende recorrer da decisão de Mestrinho, que arquivou o caso envolvendo o petista, com base num parecer da advocacia do Senado. "Vou buscar informações para saber o que fazer", garantiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.