Mesmo preso, vereador é eleito presidente de Câmara no PR

Apesar de estar preso desde o dia 28 de novembro, o vereador Márcio Fernando Calderari (PFL), de Campina da Lagoa, a cerca de 490 quilômetros de Curitiba, no oeste do Paraná, foi reeleito presidente da Câmara Municipal, em sessão realizada na terça-feira, 5. Acusado de participar de uma quadrilha que aplicava golpes em beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ele está na delegacia de Ubiratã, município vizinho.Os advogados tinham entrado com pedido na Justiça para que Calderari pudesse participar das sessões de segunda e terça-feira, mediante escolta policial. Com o posicionamento contrário do Ministério Público Estadual, que apresentou a denúncia contra o vereador, o benefício foi negado por não haver previsão legal. O atual vice-presidente da Câmara, vereador Alceu Manoel Gobbi (PFL), era o concorrente, mas acabou perdendo por 5 votos a 3, em votação secreta. O mandato é de dois anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.