´Mesmo dividido, PMDB aprovará PAC´, afirma Hélio Costa

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, afirmou nesta quarta-feira que as divisões no PMDB, acentuadas no processo de escolha do presidente do partido, não afetarão a votação das medidas provisórias e projetos de lei contidos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da economia. "Não estamos, definitivamente, condicionando a votação do PAC a nenhum resultado com respeito ao PMDB. O PMDB do Senado tem dado apoio ao governo e continua dando apoio ao governo", afirmou o ministro. Costa acrescentou que a decisão do ex-ministro Nelson Jobim de desistir da candidatura à presidência do PMDB "é um incidente isolado dentro do próprio partido." Ainda falando do PAC, o ministro afirmou que o PMDB está "seguro de sua importante participação" no bloco de apoio ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Acho que saberemos conviver com essa dificuldades, e, quando chegar a hora da votação (do PAC), teremos resultados positivos na Câmara e no Senado", disse o ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.