Reprodução/Stories de Eduardo Bolsonaro
Reprodução/Stories de Eduardo Bolsonaro

Mesmo com bolsa de colostomia, Bolsonaro faz flexões e pratica tiro

Acompanhando o treinamento dos policiais, o presidente eleito deitou no chão e fez exercícios; ele ainda se recupera de cirurgias após o atentado na campanha eleitoral

Julia Lindner, O Estado de S.Paulo

12 de dezembro de 2018 | 15h33

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) praticou tiro ao alvo na manhã desta quarta-feira, durante visita ao Comando de Operações Táticas da Polícia Federal (COT-PF). Em vídeo publicado no Instagram pelo filho e deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o pai aparece efetuando dois disparos. 

Acompanhando o treinamento dos policiais, o presidente eleito, que ainda se recupera de uma cirurgia após o atentado a faca que sofreu na campanha, deitou no chão e fez exercícios de apoio e flexão. Ele usa uma bolsa de colostomia e deve fazer uma cirurgia para retirá-la somente no próximo ano.

Após cumprir agenda no COT, Bolsonaro almoçou com a sua turma da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), de 1977. Durante o encontro, disse que está feliz não só pela eleição, mas "pela oportunidade de mudar o destino do Brasil". "Foi uma eleição bastante árdua, não vai ser fácil. Mas quem tem amigos, tem humildade e tem Deus acima de tudo, vence os obstáculos", declarou aos antigos colegas. 

Bolsonaro também foi a uma Igreja Batista, em Brasília, conversar com pastores. Ele deixou o local há pouco, por volta das 14h40. O presidente eleito ainda possui reuniões com a bancada do PP e do PROS. Mais cedo, se reuniu com o DEM.

Mais conteúdo sobre:
Jair Bolsonaro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.