Mesário é preso em Osasco-SP após confusão

Um mesário foi preso hoje em Osasco, na Grande São Paulo, ao se envolver numa confusão por ter chegado atrasado para o início da eleição, de acordo com boletim do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) divulgado às 14 horas. O mesário, segundo o TRE-SP, criou um tumulto ao saber que outro mesário havia sido nomeado para o lugar dele. Foi a única prisão no Estado até este horário e aconteceu na 315.ª Zona Eleitoral.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agência Estado

31 de outubro de 2010 | 15h12

Segundo o relatório, foram registradas no total oito ocorrências em sete cidades do Estado. Por causa de boca de urna, uma ocorrência foi registrada na capital paulista e uma em Américo Brasiliense, na região central do Estado. Por divulgação de propaganda, foram registradas uma em Paraibuna, no Vale do Paraíba; uma em Santo Antônio do Jardim, na região de Campinas; uma em Votorantim, na região macrometropolitana paulista; uma em Osasco, e uma em Serrana.

Até as 14h04, foram substituídas no Estado 194 urnas, de um total 81.806. Todas foram trocadas por urnas eletrônicas. No interior, foram 169 substituições (0,287% do total) e, na capital 25 (0,109%). O total de urnas na capital paulista é de 22.842 e no interior, de 58.964. No balanço do mesmo horário no primeiro turno, 65 urnas haviam sido substituídas (inclusive uma delas por votação manual), o que mostra que o número de substituições triplicou neste segundo turno.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010confusãomesário

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.