Mesa limita visita de turistas ao Senado

Na interinidade de Tião Viana (PT-AC) na presidência do Senado, a Mesa Diretora decidiu limitar as visitas dos turistas à Casa. De segunda à sexta-feira, os turistas só poderão passear pelas dependências do Senado se as visitas tiverem sido previamente agendadas. E todas as visitas serão guiadas. Viana disse que as medidas foram adotadas para garantir a segurança aos visitantes e aos parlamentares. A Secretaria de Polícia da Casa fica, ainda, autorizada a suspender essa visitação de forma preventiva, nas situações que possam provocar danos ao patrimônio do Senado ou naquelas que atentem contra a integridade física das pessoas. Viana disse que a intenção da medida é a de proteger as pessoas que visitam a Casa, "para que não haja intrusos que queiram criar algum tipo de constrangimento aos visitantes", alegou. "Agora, quanto mais visitantes no Congresso, que é a casa do povo brasileiro, melhor para nós", frisou. Ele justificou a iniciativa, alegando que "sempre tem um problema ou outro e aí eles (policiais do Senado), por medidas de proteção aos visitantes, resolveram dar esta sugestão à Mesa", explicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.