Mesa Diretora da Câmara confirma recondução de Picciani à liderança do PMDB na Casa

Deputado retomou o cargo após apresentar lista com 36 assinaturas de apoio dos atuais 69 deputados da legenda

Igor Gadelha, O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2015 | 12h50

Brasília - A Mesa Diretora da Câmara confirmou no início da tarde desta quinta-feira, 17, a recondução do deputado Leonardo Picciani (RJ) à liderança do PMDB na Casa. Picciani retomou o cargo após apresentar lista com 36 assinaturas de apoio dos atuais 69 deputados da legenda.

Picciani protocolou a lista pela manhã, mas a Mesa Diretora questionou três assinaturas dos deputados: Vitor Valim (CE), Jéssica Sales (AC) e Lindomar Garçon (RO). A dúvida se dava em torno do fato de que os três teriam assinado a lista de 35 apoiamentos que conduziu Leonardo Quintão (MG) à liderança do PMDB, apresentada na semana passada.

Picciani voltou ao cargo com ajuda de articulação do Palácio do Planalto, uma semana após ser destituído. Ontem, o PMDB, com aval do vice-presidente Michel Temer, aprovou uma resolução para barrar novas filiações e tentar impedir o retorno do deputado pró-governo à liderança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.