Mesa deve definir abertura de 3º processo contra Renan

A entrevista do empresário João Lyra, afirmando que o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) usava "laranjas" para esconder a sociedade dos dois em empresas de comunicação, praticamente selou a decisão da Mesa da Casa mandar para o Conselho de Ética o terceiro pedido de abertura de processo contra o presidente do Congresso. A representação contra Renan, feita por PSDB e DEM, vai ser votada em reunião da Mesa do Senado marcada para quinta-feira. Hoje, o segundo vice-presidente do Senado, Álvaro Dias (PSDB-PR), deu como certa o envio da representação para o Conselho de Ética. "Não resta alternativa. A Mesa enviará (a representação ao Conselho). A decisão é de natureza formal", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.