Mesa da Câmara entrega caso Janene ao Conselho de Ética

A Mesa Diretora da Câmara decidiu encaminhar ao Conselho de Ética da Casa a decisão sobre o processo do líder do PP, deputado José Janene (PR), acusado de envolvimento no valerioduto, mas que está de licença médica e alega não ter condições de prestar depoimento aos conselheiros. O laudo de uma junta médica enviada pela Câmara ao Paraná afirma que o parlamentar sofre de cardiopatia grave e que ele não pede submeter-se a situação estressante.Os membros da Mesa, no entanto, consideraram o parecer muito superficial e acreditam que o Conselho de Ética deva pedir mais detalhes sobre a saúde de Janene.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.