Mercúrio pode curar ´feridas políticas´ na Câmara, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira que as "feridas políticas" causadas pela disputa pela presidência da Câmara poderão ser curadas com mercúrio. Lula participou da solenidade de abertura do ano no Judiciário, realizada no Supremo Tribunal Federal (STF).Lula defendeu indiretamente a candidatura do petista Arlindo Chinaglia (SP), ao se declarar favorável à proporcionalidade da bancada para a ocupação da presidência da Casa. Atualmente, o PT tem a segunda maior bancada da Câmara e, por isso, pode disputar o cargo. De acordo com o presidente, "a vida inteira, até durante a ditadura militar, foi respeitada a proporcionalidade".O presidente alegou desejar que o resultado da votação seja o melhor para a maioria. Durante a cerimônia desta quinta-feira, a presidente do Supremo, Ellen Gracie, falou da importância da modernização do Judiciário. Lula concordou com a ministra e ressaltou a relação de independência, colaboração e harmonia entre os três poderes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.