Mercosul é tema em conversa de Lula e Cristina Kirchner

Candidata favorita a presidente da Argentina, a primeira-dama e senadora Cristina Kirchner almoçou hoje com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio do Alvorada, antes de se reunir com os empresários brasileiros no Itamaraty. Uma das 13 candidatas à Presidência no País vizinho, Cristina foi a única a pedir um encontro com Lula. No almoço com Lula, Mercosul, Bolívia e Venezuela foram temas centrais da conversa. O presidente chegou a comentar com a candidata argentina que está fazendo esforços junto ao Congresso para acelerar a aprovação da adesão da Venezuela ao Mercosul. Investimentos no desenvolvimento da indústria de gás boliviana - importante para os dois países - também foram discutidos, apesar de Cristina ainda não ter sido eleita.A senadora, esposa do atual presidente, Néstor Kirchner, também com um grupo de 16 empresários brasileiros para vender a Argentina e pedir mais investimentos em seu país. Mas teve que responder a perguntas sobre a real inflação argentina e sobre a recomposição de tarifas públicas, congeladas pelo governo e uma das preocupações dos investidores. As perguntas espinhosas foram rebatidas com garantias de que a economia do país vizinho vai bem e pedidos de mais investimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.