Mercado vive apagão de recursos humanos, alerta Marina

A pré-candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, fez hoje um alerta em relação ao mercado de trabalho brasileiro. "Não estamos à beira, já estamos vivendo um apagão dos recursos humanos", disse, durante o "Encontro da Indústria com os Presidenciáveis", realizado na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília. Ela salientou que o Brasil está carente de recursos humanos, mas ressaltou que é preciso aliar a base de conhecimento à base tecnológica para que o País possa crescer de forma duradoura.

CÉLIA FROUFE E DENISE MADUEÑO, Agência Estado

25 Maio 2010 | 15h06

Ao começar sua fala, a pré-candidata destacou que o setor industrial é importante para economia, mas que não está isolado dos desafios maiores do Brasil. "O setor está legitimamente preocupado com o crescimento da indústria", comentou. "Mas vamos ter que pensar um crescimento como parte da estratégia de desenvolvimento", acrescentou.

Marina ressaltou que fará debate com os concorrentes porque não tem como fazer diferente. "Tenho insistido mais no debate do que no embate entre os candidatos. Não vou conseguir convencer nem Dilma e nem Serra de que sou melhor do que eles", afirmou. Com a sociedade, no entanto, a pré-candidata do PV disse que se propõe a fazer um diálogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.