Mercadante vai voltar a criticar FHC no horário eleitoral

O senador Aloisio Mercadante, do PT , vai voltar ao programa eleitoral da prefeita Marta Suplicy, candidata à reeleição, para criticar novamente o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Desde sábado FHC ocupa inserções diárias da campanha petista após obter direito de resposta do Tribunal Regional Eleitoral rebatendo as afirmações de Mercadante de que FHC seria responsável pelo atraso das obras viárias de Marta."Reafirmo e provo que não tem qualquer procedência dizer que Marta atrasou as obras em função das eleições. Fernando Henrique Cardoso nunca encaminhou ao Senado o que o seu governo havia acordado na repactuação da dívida paulistana em maio de 2000", disse Mercadante.Ele se referia a negociação feita entre o governo FHC e a gestão Celso Pitta que previa três empréstimos para o município concluindo o do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para obras de transporte público. Os tucanos, em programa veiculado desde a noite de sábado, dizem ter liberado 450 milhões de reais em dois anos na gestão Marta."Esses recursos serviram para manutenção de postos de saúde e de outras obras. O grosso foi para os piscinões", rebateu Mercadante. "Não são creches ou casas ou contenção de enchentes que eles estão falando que atrasaram".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.