Mercadante vai ser um grande ministro, diz Haddad

Atual titular da Educação elogiou indicação de petista para ocupar cargo; cerimônia de transmissão será na próxima semana

Rafael Moraes Moura, de O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2012 | 10h31

BRASÍLIA - O atual ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou nesta quinta-feira, 19, que o seu sucessor na pasta, Aloizio Mercadante, será um "grande ministro". A troca de comando foi confirmada nessa quarta-feira, 18, pelo Palácio do Planalto. Haddad deixou o cargo para disputar as eleições municipais de São Paulo.

"Acho [Aloizio Mercadante] um grande quadro. Mercadante fez um trabalho reconhecido no ministério [da Ciência e Tecnologia], é uma figura preparadíssima, está tendo todos os cuidados para fazer uma transição tranquila e vai ser um grande ministro, com toda a certeza", afirmou Haddad a jornalistas, após participar do programa "Bom dia, ministro".

A vaga de Mercadante será ocupada pelo cientista Marco Antonio Raupp. A cerimônia de transmissão de cargos e posse dos novos ministros deve ocorrer na próxima terça-feira, 24.

Questionado sobre uma possível aliança do PT com o PSD de Gilberto Kassab, Haddad respondeu: "Sobre política de São Paulo, não vou comentar". "Querido, eu dou entrevista sobre política quando não estiver na função de ministro da Educação", respondeu.

Na próxima segunda-feira, 23, o Palácio do Planalto prepara um grande evento para exaltar a figura de Haddad, em comemoração ao número de 1 milhão de vagas abertas pelo programa Universidade Para Todos (ProUni). Nessa quarta, em evento em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, a presidente Dilma Rousseff não poupou elogios a Haddad.

Mais conteúdo sobre:
EducaçãoMercadanteHaddad

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.