Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Mercadante reafirma que não é candidato ao governo de SP

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, comunicou oficialmente o PT paulista que não será candidato ao governo de São Paulo. A formalização de sua posição foi feita em carta enviada à direção do partido no último dia 26, quando divulgou sua decisão em entrevista. A aliados, o ministro afirmou que mantém sua decisão mesmo após a declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, feita na manhã desta quinta-feira, 2, de que não acreditava que a retirada de Mercadante seja definitiva.

FERNANDO GALLO, Agência Estado

02 de maio de 2013 | 18h50

"Encaminho ao Partido dos Trabalhadores o comunicado oficial de que não sou pré candidato ao governo do Estado de São Paulo, decisão amadurecida ao longo do último período e anunciada no dia de hoje, 26 de abril", afirmou o ministro ao partido na carta. "Permaneço à frente do Ministério da Educação, servindo com muita honra ao governo da presidenta Dilma Rousseff, que tem apoiado em todos os momentos a área e confiado no meu trabalho. A melhoria da qualidade da Educação é estratégica para seguirmos no caminho do desenvolvimento sustentável que precisamos trilhar".

Na carta, Mercadante agradece ainda à militância do PT, "que muito me honrou com candidaturas à deputado federal, ao Senado e duas vezes ao governo do Estado". Ele diz ainda que apoiará o candidato que o PT escolher para concorrer ao posto.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2014SPMercadante

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.