Mercadante promete transporte ferroviário no interior SP

Os candidatos do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, e ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante, estiveram hoje em Bauru, no interior de São Paulo, onde reuniram lideranças da região. A tônica dos discursos foi a continuidade das ações do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a realização de obras de infraestrutura.

JAIR ACEITUNO, Agência Estado

08 Julho 2010 | 19h14

Aproveitando-se da tradição ferroviária da cidade, Mercadante disse que, se for eleito, apoiará as iniciativas federais de implantar o trem-bala (400 km/h) de Campinas ao Rio de Janeiro. Ele também disse que trabalhará para que consórcios interessados instalem e operem os trem de alta velocidade (200 km/h) entre Campinas e Sorocaba, Bauru, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto. Mercadante ainda prometeu uma revisão completa no sistema de pedágios, para baixar o valor das tarifas.

Já Dilma Roussef disse que continuará investindo para o desenvolvimento da economia, com a utilização de verbas públicas e também com parcerias público-privadas (PPP). Citou, concretamente, o transporte ferroviário e ampliação da rede de aeroportos.

Dilma e Mercadante estavam acompanhados pelos respectivos candidatos a vice, além dos candidatos ao Senado, Netinho de Paula e Marta Suplicy. Os petistas buscaram motivar os possíveis cabos eleitorais a enfrentar a disputa com os tucanos. A reunião, realizada no "Espaço Bauru", um centro de convenções próximo à rodovia Marechal Rondon, também contou com a presença de prefeitos, vereadores e políticos dos vários partidos componentes da coligação.

Oposição

Os organizadores tomaram cuidado para não citar publicamente alguns integrantes do DEM e do PPS que também compareceram. O prefeito de Bauru, Rodrigo Agostinho (PMDB), participou de todo o evento, mas adiantou que isso não representa a sua adesão à candidatura de Dilma. "Minha presença é institucional, como prefeito" - disse, lembrando que sua postura tem sido de receber todos que visitam Bauru. No próximo dia 17 também deverá receber o tucano José Serra.

Dilma, Mercadante e os demais candidatos encerraram o programa em Bauru com uma caminhada pelo "calçadão" do centro da cidade. Foram recebidos por grande número de pessoas que, no entanto, ficaram frustradas porque, alegando pressa para chegar ao compromisso da noite no Rio, a candidata não fez o esperado discurso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.