Mercadante promete despoluir Tietê em oito anos

Candidato do PT ao governo de São Paulo concedeu entrevista ao SP TV nesta terça-feira

Jair Stangler / SÃO PAULO, Estadão.com.br

17 de agosto de 2010 | 22h25

O candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante, prometeu nesta terça-feira, 17, que vai fazer um programa para despoluir o rio Tietê em oito anos. "Nós vamos fazer um programa para oito anos, para verdadeiramente despoluir o Rio Tietê. O Tâmisa, o Reno, vários rios do mundo foram recuperados. Infelizmente, em 16 anos, eles não fizeram", afirmou em entrevista ao SP TV.

 

O senador afirmou ainda que "a Sabesp vai recuperar seu caráter público, coletar o esgoto e tratar o esgoto como o presidente Lula vem fazendo com várias cidades que estão fora da Sabesp e têm tido melhor desempenho do que a Sabesp no Estado".

 

Mercadante afirmou ainda que o governo federal realizou muitos investimentos em São Paulo durante os oito anos de governo Lula: "Nós dobramos as verbas pra saúde, nós triplicamos o repasse para área de educação que é o Fundeb, nós criamos universidades federais que não existiam no ABC, em Guarulhos, em Osasco, na Baixada Santista, em Sorocaba, universidades que estão dando oportunidades. O governo Lula criou 186 mil bolsas de estudo do ProUni em São Paulo, um milhão e cem mil famílias estão recebendo o Bolsa Família. Em grandes projetos como, por exemplo, o Rodoanel, o governo Federal colocou R$ 1,2 bilhões, no Metrô nós colocamos R$ 4,3 bilhões", elencou.

 

O candidato justificou ainda o caos aéreo pela melhora na condição de vida da população mais pobre durante o governo Lula. "O presidente Lula tirou, no nosso governo, nós tiramos 25 milhões de pessoas da pobreza e 30 milhões de pessoas viraram classe média. O volume de voos aumentou 38% nos últimos 12 meses. Ou seja, a cada três anos, nós temos de dobrar a capacidade aeroportuária, mas falta investimento e tem que acelerar. Se o governo do Estado fizer mais parceria com o governo Federal, nós vamos fazer. Agora, a maioria do povo passa três horas por dia no congestionamento de São Paulo por falta de investimentos em ônibus e Metrô e CPTM, que é responsabilidade do governo do estado que o PSDB não fez nesses 16 anos".

 

Sobre a questão do pedágio, Mercadante afirmou que há abuso nessa questão. "As estradas de São Paulo sempre foram melhores, há 30 anos. A Dutra tem 40 anos. A Dutra, a Castelo Branco, a Bandeirantes, foram construídas não pelo PSDB. Já estavam prontas. O pedágio é para manter a qualidade do investimento. E o que é que tá acontecendo? Tem abuso do pedágio em São Paulo. É sete vezes mais caro que o pedágio nacional", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
aloiziomercadantePTeleições2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.