Mercadante: há programas que dependem do Orçamento

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse nesta quinta-feira que "quanto mais cedo" for aprovado o Orçamento de 2013, "melhor para o País". O comentário foi feito durante coletiva de imprensa em que foi assinado acordo de cooperação técnica para que presos tenham acesso às vagas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

07 de fevereiro de 2013 | 13h49

"É muito importante que a gente tenha o Orçamento plenamente aprovado, porque temos programas que dependem da aprovação do orçamento. Por exemplo, o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, que queremos iniciar imediatamente, depende da aprovação de medida provisória e do Orçamento, para a gente poder começar o programa. Os novos projetos de investimento dependem do Orçamento. Quanto mais cedo, melhor para o País a aprovação do Orçamento da República", disse Mercadante.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse nesta quarta-feira (06) que convocou uma sessão conjunta do Congresso para o próximo dia 19, primeira terça-feira depois do carnaval. A intenção é votar nesse dia o orçamento de 2013. Segundo Renan, o principal obstáculo para a votação do orçamento é a resistência da oposição em desvincular a apreciação da matéria do exame dos mais de 3 mil vetos pelos parlamentares.

Tudo o que sabemos sobre:
OrçamentovotaçãoMercadante

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.