Mercadante elogia governo FHC e cobra corte de gastos

Falando para uma plateia formada majoritariamente por empresários e altos executivos, durante o primeiro dia do 8.º Fórum Empresarial, na Ilha de Comandatuba, litoral sul da Bahia, o senador Aloizio Mercadante fez um discurso atípico. Elogiou o governo FHC e cobrou do governo federal corte de gastos.

TIAGO DÉCIMO, Agencia Estado

19 de abril de 2009 | 15h46

"Muito do que a gente vive, hoje, é resultado do governo anterior, e é importante a gente fazer esse reconhecimento", disse, para logo depois afirmar: "Cortar gastos no governo tem de ser como cortar cabelo. Tem de ser toda semana", arrancando aplausos acalorados dos presentes - entre os quais 320 empresários e altos executivos de grandes companhias do País.

Além disso, o parlamentar disse que o Brasil precisa de uma nova lei de greve para os trabalhadores do serviço público. "Não tem como funcionar uma situação na qual o sujeito pode fazer greve, mas tem estabilidade e continua recebendo."

Tudo o que sabemos sobre:
Fórum Empresarial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.