Mercadante diz que Malan é "office-boy do FMI"

O líder do PT na Câmara dos Deputados, Aloísio Mercadante, respondeu aos ataques feitos ontem pelo ministro da Fazenda, Pedro Malan, contra a oposição. Em seu discurso na abertura do 13º Fórum Nacional, Malan se referiu aos opositores como palanqueiros e demagogos. "Lamento muito que pela primeira vez o Fórum tenha visto expressões deste tipo. Não gostaria de ter de chamar o ministro Pedro Malan de "yuppie do sistema financeiro, office-boy do FMI ou neoliberal tupiniquim", declarou Mercadante. Mercadante afirmou ainda que o maior problema do País é sua fragilidade fiscal e propôs como soluções o combate à corrupção, a reforma política com financiamento público para as campanhas e uma atuação mais intensa da Receita Federal contra a elisão e sonegação fiscal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.