Mercadante afirma estar preparado para suceder Palocci na Fazenda

Apesar do discurso de que pretende mesmo tentar vencer Marta Suplicy na prévia do PT para a candidatura ao governo paulista, o senador Aloizio Mercadante disse estar preparado para assumir o Ministério da Fazenda caso Antonio Palocci deixe o governo. "Continuo líder do partido e pré-candidato ao governo de São Paulo, mas coloquei o meu mandato à disposição e, se o presidente Lula precisar, estou à disposição", disse.Durante todo o tempo que esteve neste domingo no Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas e Região, o senador mostrou-se tranqüilo, dando mostras de que o melhor para o Brasil hoje seria a manutenção de Palocci. "O presidente Lula reitera toda a confiança no ministro Palocci. Com ele o país teve a sua economia estabilizada e essa qualidade deveria se repetir nos próximos meses", afirmou.As denúncias feitas pelo caseiro Francenildo Costa ao Estado, de que Palocci freqüentava mansão alugadas por ex-assessores dele em Ribeirão Preto podem tirá-lo do cargo até o final do mês, quando seis outros ministros devem deixar o cargo para disputar as eleições de outubro.Devem sair do ministério os ministros da Defesa, José Alencar; da Saúde, Saraiva Felipe; da Pesca, José Fritsch; dos Transportes, Alfredo Nascimento; do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto; e da Integração Nacional, Ciro Gomes.Sobre uma possível disputa com o prefeito José Serra, o senador desconversou. "A gente não pode escolher nem ter preferência quanto a um possível adversário. Mas já derrotamos o Serra na prefeitura e também no governo do Estado", disse.

Agencia Estado,

26 de março de 2006 | 18h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.