Mercadante adia discurso de renúncia para amanhã

O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) adiou para amanhã o pronunciamento que faria esta tarde para anunciar que deixará o cargo de líder de seu partido, informou sua assessoria de imprensa. A sessão plenária do Senado às sextas-feiras começa sempre às 9 horas, e Mercadante marcou seu discurso para as 10h30.

CAROL PIRES, Agencia Estado

20 de agosto de 2009 | 18h01

O adiamento, segundo a assessoria do senador, foi necessário porque o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que o chamou para uma conversa, hoje, ainda não confirmou o horário do encontro. Lula está em viagem ao Nordeste e Norte. Mercadante, que entrou em divergência com senadores petistas na crise que envolve o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), já anunciou que deixará o cargo de líder.

Tudo o que sabemos sobre:
SenadoPTAloizio Mercadanterenúncia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.