Mensagens constrangem STF, diz advogado de Valério

O advogado Marcelo Leonardo, que representa o empresário Marcos Valério de Souza, afirmou que a divulgação de conversas por meio de correio eletrônico entre os ministros do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski durante o julgamento causa "surpresa e constrangimento ao próprio tribunal". Nos diálogos, ambos trocaram impressões a respeito do processo, sendo que Lewandowski chegou a levantar a suspeita de que o ministro Eros Grau poderia rejeitar a denúncia contra os integrantes do esquema em troca da indicação do jurista Carlos Alberto Direito para a vaga de Sepúlveda Pertence no STF.Contudo, o advogado de Valério e de Simone Vasconcelos, ex-diretora financeira da SMPB, evitou fazer considerações sobre a entrevista coletiva concedida hoje pelo ex-ministro José Dirceu, que colocou sob suspeição o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que decidiu pela abertura de ação penal contra os 40 denunciados no esquema do mensalão. Dirceu baseou sua opinião na publicação de uma conversa telefônica na Folha de S. Paulo do ministro Lewandowski, afirmando a um interlocutor que os ministros do Tribunal votaram com a faca no pescoço por conta da pressão da imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.