Mendes Ribeiro reassume ministério em 7 de novembro

Titular da Agricultura está afastado em razão de cirurgia realizada na semana passada para retirada de turmo no cérebro

Venilson Ferreira, da Agência Estado

24 de outubro de 2011 | 12h21

BRASÍLIA - O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, que teve alta do Hospital Sírio Libanês no último sábado, 22, após cirurgia para retirada de um tumor no cérebro, vai reassumir o cargo no dia 7 de novembro. Mendes Ribeiro recebeu a imprensa na manhã desta segunda-feira, 24, em seu gabinete para falar sobre sua recuperação.

Um pouco abatido, Mendes Ribeiro fez apenas o relato do tratamento médico, sem responder a perguntas. Disse que a recidiva do tumor havia sido detectada durante exames realizados em Porto Alegre e que a cirurgia para retirada estava programada para o dia 27 deste mês, pois haveria tempo para organizar as ações no Ministério da Agricultura.

Mendes Ribeiro relatou a necessidade de cirurgia à presidente Dilma Rousseff, quando apresentou sintomas da doença durante uma audiência em Porto Alegre. A presidente recomendou que ele procurasse os especialistas no Sírio Libanês, em São Paulo. Os exames constataram a recidiva e a recomendação também foi de realização da cirurgia, realizada no dia 15 de setembro.

Mendes Ribeiro disse que o susto maior foi na primeira cirurgia, feita em 2007, e que desta vez estava mais preparado. "Quem passa por uma, passa mais facilmente pela segunda", disse ele. O secretário-executivo José Carlos Vaz permanece como ministro interino até a volta de Mendes Ribeiro, que promete "boas novidades" no seu retorno. O ministro não comentou sobre a continuidade do tratamento contra a doença. Ele disse apenas que o próximo passo é a retirada dos pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.