Mendes processará revista por envolvê-lo com mensalão

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), vai processar a revista Carta Capital por ter publicado nesta semana reportagem relatando que ele teria recebido R$ 185 mil do esquema do mensalão mineiro.

MARIÂNGELA GALLUCCI, Agência Estado

27 de julho de 2012 | 19h02

O gabinete de Gilmar Mendes informou que ele "vai entrar com as medidas judiciais cabíveis contra revista" e que não vai se manifestar sobre "a absurda matéria".

Tramita no STF um processo aberto contra o deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) por suspeita de envolvimento no esquema similar ao mensalão federal, que começará a ser julgado na próxima semana no Supremo. O esquema mineiro supostamente funcionou na década de 90 para arrecadar ilegalmente dinheiro para a campanha ao governo de Minas Gerais quando Azeredo era candidato à reeleição, em 1998.

Tudo o que sabemos sobre:
Gilmar MendesCarta Capitalmensalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.