Mendes Júnior atrapalha processo, acusa CBTU

O presidente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos, João Luiz da Silva Dias, acusou a Construtora Mendes Júnior de "tumultuar", com "entraves legais sem chance de sucesso", o processo de licitação para retomada das obras da Linha 2 do metrô de Belo Horizonte. A Mendes Júnior alega ter direito à execução da obra, que estaria prevista em contrato de 1985.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.