Mendes e Barbosa participam de 1ª sessão no STF após briga

Clima foi de aparente normalidade; nem presidente do Supremo nem ministro fizeram referência ao episódio

Mariângela Gallucci, de O Estado de S. Paulo,

30 de abril de 2009 | 16h36

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e o ministro da Corte Joaquim Barbosa participaram nesta quinta-feira, 30, da primeira sessão no plenário do STF após o bate-boca da semana passada. Essa foi a primeira aparição pública conjunta dos dois ministros e o clima foi de aparente normalidade. Nenhum deles fez referência ao episódio.

 

Veja também:

video Íntegra da discussão e vídeo do bate-boca

documento Leia a íntegra dos discursos em homenagem a Mendes no STF

linkAção contra ministro do STF por usar ‘capanga’ divide juristas

linkNos bastidores, Mendes é criticado no STF e no CNJ

 linkPosições provocam isolamento de Barbosa no STF

linkMinistros do STF dão apoio a Gilmar Mendes após discussão

 

Na última quarta, os ministros do STF homenagearam Mendes, que completou um ano de mandato na quinta-feira. A sessão plenária foi a primeira depois do bate-boca. O decano do STF, Celso de Mello, leu um discurso longo, com algumas lições de moral.

 

"O Supremo Tribunal Federal é mais importante do que todos e cada um de seus ministros. Cabe-nos, desse modo, como juízes da Suprema Corte, velar pela integridade de suas altas funções, sendo-lhe fiéis no desempenho da missão constitucional que lhe foi delegada. É por isso que jamais poderemos transigir em torno de valores inderrogáveis como a respeitabilidade institucional, a dignidade funcional e a integridade desta Corte Suprema." Joaquim Barbosa não estava presente à sessão.

Tudo o que sabemos sobre:
STFGilmar MendesJoaquim Barbosa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.