Memorial em BH deve ficar pronto no ano que vem

Belo Horizonte será a sede do Memorial da Anistia Política, uma parceria entre a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Ministério da Justiça e a prefeitura local. O memorial disponibilizará para consulta pública informações de cerca de 60 mil processos de indenização guardados pela Comissão de Anistia, além de dossiês, fotos, imagens, relatos, testemunhos, livros, áudios e vídeos sobre a perseguição política durante o regime. O espaço vai abrigar também uma exposição permanente, com equipamentos multimídia e interativos, contendo depoimentos de ex-presos políticos, que serão colhidos pelo País.O memorial será instalado no antigo prédio da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, no bairro Santo Antônio, região sul da capital. A previsão é de que as obras sejam iniciadas no próximo mês e concluídas até setembro de 2010.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.