Meirelles sai de encontro com Lula sem dar declarações

Na última sexta-feira, o PMDB de Goiás divulgou a versão de que presidente do BC se filiaria ao partido

Tânia Monteiro, de O Estado de S.Paulo,

29 de setembro de 2009 | 17h58

O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, deixou o Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), após encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta terça-feira, 29, sem fazer declarações aos jornalistas que o aguardavam em grande número.

 

Segundo fontes do governo, os dois discutiram, no encontro, o futuro político de Meirelles. O PMDB de Goiás divulgou na sexta-feira, em Goiânia, a versão de que Meirelles havia concordado em assinar ficha de filiação ao partido para possível candidatura a um cargo eletivo em 2010.

 

 

Ainda assim, interlocutores de Meirelles disseram que está mantida a possibilidade de uma viagem dele à capital de Goiás nesta quarta-feira, 30, para assinar a filiação, em cerimônia prevista para as 11 horas.

 

Na noite de quarta-feira, o presidente do BC deve embarcar para Copenhague (Dinamarca), onde ele e o presidente Lula participarão da reunião em que o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciará a escolha da cidade sede das Olimpíadas de 2016. A expectativa de Lula é a de que o Rio de Janeiro seja a cidade escolhida.

 

Veja Também

linkAssessoria confirma encontro entre Lula e Henrique Meirelles

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.