Meirelles diz que decisão sobre candidatura só até fim de março

"Não tenho decisão de ser candidato a nenhum cargo hoje", afirmou o presidente do Banco Central

Lucinda Pinto, Agência Estado

29 de setembro de 2009 | 10h46

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou que existe possibilidade de se candidatar nas próximas eleições, mas ponderou que hoje não tem ainda decisão de se candidatar a nenhum cargo. Ele fez essa afirmação durante seminário promovido pelo grupo de líderes empresariais (Lide), em São Paulo, ao ser questionado se seria candidato a vice-presidente da República ou a governador de Goiás.

 

Meirelles disse que a decisão de candidatura será tomada até o fim do mês de março de 2010. "Não tenho decisão de ser candidato a nenhum cargo hoje, nem vou tomar essa decisão nos próximos meses", afirmou. Sobre a possibilidade de anunciar sua filiação a algum partido político, Meirelles disse que essa seria uma decisão que visaria preservar seu direito político.

 

O prazo limite estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que candidatos tenham a filiação deferida pelos partidos, com vistas às eleições do ano que vem, vai até o próximo dia 3 de outubro.

 

Segundo Meirelles, a eventual decisão de se filiar a um partido político não significaria necessariamente o compromisso com uma candidatura às eleições de 2010. Ele apenas afirmou que, por sua característica pessoal, gosta de manter "oportunidades em aberto" para o futuro. Meirelles voltou a dizer que, neste momento, está 100% focado no trabalho do Banco Central.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.