Megacasamento terá 820 uniões

Um casamento comunitário unirá neste sábado 820 casais, a partir das 14 horas, no estacionamento de um shopping em Ribeirão Preto, a 310 quilômetros de São Paulo. Será um recorde nacional. A intenção da ONG Maria Otília Neix era incluir o evento no Guinness Book, o livro dos recordes, mas cerca de 800 casais não conseguiram a documentação a tempo ou perderam o prazo de inscrição.A ONG fez parceria com os três cartórios de registro civil do município para legalizar as uniões de casais pobres, sem condições de arcar com as despesas normais de uma cerimônia (cerca de R$ 200,00) - a estimativa inicial era unir 200 casais. O mutirão conta com o apoio de 350 empresários e 400 voluntários. São aguardadas cerca de 20 mil pessoas, entre amigos, parentes e curiosos.Um bolo de 400 quilos, embalado em pedaços, foi doado por um hipermercado, cerca de 360 vestidos de noiva foram cedidos ou emprestados, houve doações de maquiagem, decoração, haverá fotos gratuitas da cerimônia e o sorteio de diárias em hotel, além de duas viagens para pousadas da região. A expectativa é de que os 15 juízes de paz façam 140 casamentos por hora, encerrando o evento às 21h.Representantes do Guinness Book e do Rank Brasil acompanharão a cerimônia, segundo a ONG, para registrar o recorde. O maior casamento comunitário no País, até agora, foi em Macapá (AP), com 353 uniões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.