Mega-Sena deve pagar R$ 11 milhões no 500º concurso

Depois de pagar quase R$ 9 milhões a um pernambucano no último sábado, a Mega-Sena chega ao seu 500º concurso com prêmio estimado em R$ 11 milhões. Isso porquê o concurso 500 tem final zero, ou seja, retém 20% da arrecadação dos sorteios anteriores (490 ao 499) para a premiação. Em comemoração ao concurso, a data do sorteio foi prorrogada passando de hoje para sábado, 27 de setembro.O sorteio será em Recife-PE, na Praça do Marco Zero, onde a Caixa, em parceria com a rede lotérica do Estado, haverá um evento, no Caminhão da Sorte, com várias atrações artísticas. Na mesma ocasião também será feito o encerramento da campanha ´Aposta Cidadã´, de doação de 500 cadeiras de rodas para instituições do Estado, promovida pelo Sindicato dos Lotéricos de Pernambuco em parceria com a Caixa. HistóriaLançada em março de 1996, a Mega-Sena começou com apenas um sorteio semanal, aos sábados. Em agosto de 2002, foi implementado um outro sorteio às quartas-feiras. Desde o lançamento, a modalidade já fez 142 milionários na primeira faixa (seis dezenas). O primeiro sortudo da Mega recebeu R$ 2,3 milhões em março de 1996, no concurso 002. O maior prêmio, no entanto, saiu para um único apostador de Salvador. Foram R$ 64,9 milhões sorteados em 10 de outubro de 1999 (concurso 188). Entre todas as modalidades de jogos de loteria no Brasil, a Mega-Sena é a que mais distribui prêmios. No total, já foram pagos mais de R$ 2,4 bilhões aos apostadores. Nos primeiros oito meses de 2003, a Mega-Sena já arrecadou sozinha R$ 1,1 bilhão e repassou mais de R$ 497 milhões aos programas sociais do Governo Federal. As apostas podem ser feitas até às 19 horas de sábado em uma das 9 mil casas lotéricas espalhadas pelo Brasil. O sorteio será realizado a partir das 20 horas. Segundo a Caixa, o apostador de qualquer modalidade ainda contribui com recursos para diversas áreas sociais. Somente este ano, o esporte brasileiro já foi beneficiado com R$ 43 milhões das apostas, por meio dos repasses aos Comitês Olímpico e Paraolímpico Brasileiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.