Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Medida provisória foi obstruída até pela base aliada

Rejeitada pelo DEM e pelo PSDB, a medida provisória que cria a TV Brasil produziu situações inusitadas na votação em plenário na Câmara. Na terça-feira passada, quando o texto-base foi aprovado, o governista PTB se aliou aos oposicionistas na obstrução, quando os deputados, embora presentes, não participaram e tentaram adiar a votação o máximo possível.O líder do PTB, Jovair Arantes (GO), alegou que "o tema precisava ser mais discutido". Na hora decisiva, porém, acabou votando a favor. A verdadeira motivação do partido não tinha relação com a TV pública. Os petebistas reivindicam a vice-liderança do governo na Câmara e resolveram demonstrar sua insatisfação.Na quinta-feira, durante votação de emendas à MP, foi a vez de o PMDB promover obstrução, quando até DEM e PSDB tinham concordado em não usar esse recurso regimental. O objetivo era adiar a votação da emenda que transfere a sede da emissora do Rio para Brasília.A emenda voltará ao plenário amanhã. A oposição tentará derrubar a criação da contribuição de fomento que vai garantir R$ 150 milhões à TV Brasil neste ano, além dos R$ 350 milhões que já estão no Orçamento. A contribuição equivale a 10% do Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (Fistel).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.