Medida Provisória dos transgênicos será reeditada

A Medida Provisória que liberou os transgênicos será reeditada. O consultor jurídico do Ministério do Meio Ambiente, Gustavo Trindade, afirmou que a Casa Civil vai reeditar a medida, por que não contém as penalidades para quem descumpri-la. Ontem, foi decidido em reunião com o presidente em exercício, José Alencar, que o produtor que descumprir a MP estará sujeito a multa de até R$ 16 mil. Segundo ele, a MP também não contém a exigência do Termo de Compromisso , documento que será exigido para comercialização e plantio da soja geneticamente modificada.Outra correção diz respeito às áreas vedadas ao plantio de organismos geneticamente modificados. Não será permitido o plantio em terras indígenas, em áreas próximas a unidades de conservação e mananciais e em áreas de especial relevância para a biodiversidade. A nova redação da MP será publicada em uma edição extraordinária do Diário Oficial. Neste momento, estão no Ministério do Meio Ambiente representantes de organização não governamentais ligadas, movimentos sociais e autoridades, como Frey Sérgio, d eputado estadual (PT-RS). Eles aguardam a chegada da ministra Marina da Silva. As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.