Médicos suspendem sedativos de Célio de Castro

Os médicos que atendem o prefeito de Belo Horizonte, Célio de Castro (PT), suspenderam a medicação sedativa utilizada para o coma induzido. De acordo com o boletim médico divulgado nesta manhã, o prefeito já começa a respirar espontaneamente, mas ainda conta com ajuda de aparelhos. Ainda de acordo com informações do Hospital Mater Dei, a medicação utilizada para tratatamento de Célio de Castro ?não foi totalmente metabolizada, o que impede uma avaliação neurológica global?. Segundo os especialistas, porém, a evolução do quadro clínico é satisfatória.Célio de Castro encontra-se internado na CTI do Hospital há seis dias. Um novo boletim médico só deverá ser divulgado amanhã pela manhã. Logo mais, à tarde, os familiares do prefeito deverão receber a visita do candidato do PT à Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva. Também está prevista a visita do provável candidato do PPS, Ciro Gomes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.