Médico confirma que Lula passará por exames médicos

O médico cardiologista Roberto Kalil Filho, que atende o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse hoje que acompanhou o estado de saúde do presidente durante toda a noite e afirmou que, "ao que parece, está tudo bem". Lula teve uma crise de hipertensão na noite de ontem, no Recife. Kalil Filho confirmou que Lula deve passar por um check-up no fim de semana, "nem que seja amarrado pela orelha".

ANNE WARTH, Agencia Estado

28 de janeiro de 2010 | 11h12

O médico chegou às 10h40 de hoje ao Pavilhão de Autoridades do Aeroporto Internacional de Congonhas, na zona sul de São Paulo, para receber o presidente. De acordo com o cardiologista, o pouso do avião presidencial, que estava previsto inicialmente para as 10h55, foi adiado para as 11h05.

A previsão é de que o presidente, de Congonhas, se desloque de helicóptero até o heliponto da Rolls-Royce Brasil, em São Bernardo do Campo, no Grande ABC. De lá, seguirá de carro para sua residência na cidade. Lula teve a crise de hipertensão quando estava no avião que o levaria para o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. Ele foi internado no Real Hospital Português de Beneficência (RHP), na capital pernambucana, onde passou a noite.

Tudo o que sabemos sobre:
LulasaúdehipertensãomédicoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.