Martus vai se filiar ao PSDB

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Martus Tavares, vai se filiar ao PSDB. Ele assina a ficha na quinta-feira, em solenidade marcada para as 20 horas, no Marina Park Hotel, em Fortaleza. Amanhã ele cumpre agenda política no interior do Ceará. Ao lado do governador Tasso Jereissati (PSDB-CE), ele vai participar da inauguração da primeira cidade cearense 100% planejada, Nova Jaguaribara, a 250 quilômetros de Fortaleza. Esta é a quinta vez que ele visita o Estado em menos de quatro meses.O presidente do diretório estadual do partido, Antônio Carlile Campos de Lavor, informou que não chegou a falar com o ministro, mas que está torcendo pela filiação dele. O líder tucano confirmou ter convidado o ministro a ingressar no PSDB e que a filiação já estava sendo dada como quase certa. Quanto ao cargo que Tavares deverá disputar nas próximas eleições, não há nada definido. "Depois a gente vai ver isso. Pode ser deputado federal", sugeriu. O deputado federal Raimundo Gomes de Matos, líder da bancada cearense na Câmara Federal, chegou a afirmar, mês passado, que o ministro daria um "grande senador". No meio político cearense, comenta-se inclusive a possibilidade dele vir a ser candidato ao governo estadual.Além de Tavares, assinarão a ficha no PSDB três secretários do governo de Tasso Jereissati: Antenor Naspolini (Educação Básica), Carlos Matos (Agricultura Irrigada) e Hyperides Macedo (Recursos Hídricos), além do presidente da Confederação Brasileira de Jovens Empresários, Eduardo Diogo. "Estamos interessados em ter candidatos com nível técnico mais elevado como o ministro Martus Tavares", comentou Lavor. Economista, Tavares nasceu em Maranguape, município da região metropolitana de Fortaleza, mas mora fora do Ceará há 22 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.