Marta vai incentivar pequeno negócio

A ex-ministra Marta Suplicy (PT) deu início aos preparativos para lançar um plano de incentivo ao empreendedorismo. A proposta, que prevê principalmente o estímulo à abertura de pequenos negócios e à criação de cooperativas, será uma das armas para brigar pelos votos da classe média, perdidos em 2004. Ainda em fase de estudos, o plano poderá incluir isenções fiscais, além de outros mecanismos de incentivo, como medidas de desburocratização. A proposta será incluída no programa de governo de Marta, sob coordenação de Jorge Wilheim, que deve ficar pronto no início de agosto. "Vamos abranger toda a cidade. Mas estamos preocupados com essas regiões em especial, pela necessidade de geração de emprego e renda que há nessas áreas", afirmou Wilheim. A zona norte, segundo aliados de Marta, é uma das áreas onde a petista tem apoio mais escasso. Já a zona leste é prioritária, por ter um grande eleitorado. Segundo o coordenador da campanha de Marta, deputado Carlos Zarattini (PT-SP), o plano pretende firmar na classe média pessoas que deixaram as classes C e D. "Essa nova classe média precisa de uma ajuda."Ontem, Marta empenhou-se em uma agenda temática sobre habitação. Prometeu cortar pela metade o déficit habitacional da cidade, com a construção de moradias populares no centro. "Se investirmos em habitação no centro, conseguiremos suprir metade do déficit habitacional na cidade, com 400 mil moradias." A petista também defendeu a permanência da população de favelas no mesmo local, na hora de desenvolver um projeto de moradia popular.Marta manteve a estratégia de não atacar adversários. Em plenária com movimentos por moradia, chegou a amenizar o tom dos participantes, que diziam que a atual administração tenta "se apropriar" de propostas do PT: "Espero que não só se apropriem como façam. Adianta o serviço." Mas, diante de uma pessoa que se queixou da restrição à circulação de caminhões, alfinetou: "É nisso que dá fazer coisa improvisada".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.