Marta tenta renegociar dívida de SP com FHC

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), se encontra amanhã, em Brasília, com o presidente Fernando Henrique Cardoso, na tentativa de renegociar a dívida da capital paulista com a União.No encontro, previsto para as 11 horas no Palácio do Planalto, Marta pretende fazer com que o governo federal reveja termos do acordo de refinanciamento da dívida mobiliária da Prefeitura. Mensalmente, 13% do orçamento(o equivalente a R$ 80 milhões) da cidade é destinado ao pagamento da dívida.A dívida total da Prefeitura paulistana com o governo federal é de R$ 10,5 bilhões, e a renegociação feita pelo ex-prefeito Celso Pitta (PTN) impede o município de contrair empréstimos nos próximos dez anos.A audiência de Marta com Fernando Henrique vem sendo aguardada pela prefeita desde setembro, quando ela entregou na Câmara Municipal a peça orçamentária de 2002. Na ocasião, a prefeita fez um apelo ao presidente para que a situação de São Paulo fosse analisada.Marta e Fernando Henrique sempre tiveram um bom relacionamento. A prefeita, no entanto, avisou, no mês passado, em almoço em sua residência oferecido às colunistas de política que, se Fernando Henrique não atender seu pedido, vai colocar faixas de protesto nos ônibus da cidade dizendo que "SP está falida e FHC não quis ajudar", o que poderia prejudicar o partido do presidente (PSDB) nas eleições do ano que vem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.