Marta Suplicy assume romance e diz que vai se casar

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT) comunicou aos correligionários do partido que irá se casar, ainda no primeiro semestre de 2002, assumindo seu relacionamento com o assessor internacional do partido, o franco-argentino Luis Favre. A informação foi dada hoje em primeira mão pela jornalista Hildegard Angel, do jornal carioca O Globo. Hoje, em entrevista à TV, Marta disse que não se pronunciaria sobre sua vida pessoal.Ainda segundo a jornalista, os três filhos do casal Suplicy estariam "do lado do pai". Há pouco mais de um mês - quando a prefeita foi submetida a uma cirurgia de emergência por causa de uma apendicite -, o senador Suplicy chegou a declarar que aceitaria uma reconciliação, caso a prefeita desse um sinal positivo nesse sentido.O relacionamento entre Marta e Favre, ex-dirigente da Liga Comunista Internacionalista, já havia sido apontado, há quatro meses, como a causa da separação de Marta e do senador Eduardo Suplicy, depois de 36 anos de casamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.