Marta será internada amanhã para cirurgia

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), será internada às 20 horas de amanhã, no hospital israelita Albert Einstein, na capital paulista, para a realização de uma cirurgia, no domingo. Marta será submetida à retirada de três nódulos na tireóide. A prefeita, que desembarcou às 7h10 da manhã no Aeroporto Internacional de Guarulhos vinda de Genebra, na Suíça - onde participou de uma feira de turismo -, deverá permanecer toda a manhã em sua casa, no Jardim Europa. À tarde, ela deve passar pelo Palácio das Indústrias, sede da administração paulistana.Ao chegar a São Paulo, Marta disse estar tranqüila e que não sente dores. Ela afirmou que deverá retornar ao trabalho na próxima sexta-feira. "Estou tranqüila. Vai dar tudo certo. A única coisa chata é que a anestesia é geral", disse ela hoje.OperaçãoA cirurgia que a prefeita de São Paulo vai realizar poderá constatar a presença de um tumor na glândula (maligno ou benigno) ou o que os médicos classificam de bócio adenomatoso, ou seja, uma alteração da glândula tireoideana. Na maior parte dos casos em que o nódulo é de padrão folicular (as células se agrupam na forma de folículos), como é a lesão de Marta, trata-se de bócio adenomatoso.A prefeita será operada pela equipe médica do cirurgião Cláudio Cernea, especialista em cabeça e pescoço. O diagnóstico foi feito pelo médico Roberto Colletes no início do mês, quando a prefeita resolveu fazer um check-up, sobretudo porque estava preocupada com o ganho de peso que vinha tendo desde a reta final da campanha à Prefeitura paulistana. A tireóide é uma glândula localizada no pescoço e o aparecimento de nódulos é comum, principalmente em pessoas acima de 50 anos. A glândula produz os hormônios T3 e T4, que regulam o metabolismo do organismo, segundo o cirurgião de cabeça e pescoço Orlando Parise Júnior, do Hospital Sírio Libanês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.