Marta se mostra implacável com perueiros

A prefeita Marta Suplicy (PT) disse que a Prefeitura será implacável na fiscalização aos perueiros clandestinos. A afirmação foi feita hoje durante visita à Administração Regional do Jabaquara, na zona sul. A prefeita disse que o movimento dos perueiros está utilizando "métodos inaceitáveis" de manifestação e classificou-os de baderneiros, preconceituosos e machistas. "Não vou negociar com arruaça", afirmou. Ao meio-dia, oito motoristas de vans clandestinas simularam o casamento da prefeita em frente do Palácio das Indústrias, sede do governo municipal, no centro da cidade. O protesto é uma alusão ao relacionamento de Marta com o assessor internacional do PT, o franco-argentino Luis Favre. A prefeita não quis comentar o protesto, mas disse que a população saberá avaliar essas ações. "A cidade tem de ter ordem, autoridade. Eles desrespeitam as pessoas e principalmente a mulher", disse. "Acho que a população percebe os que utilizam de métodos inaceitáveis contra as pessoas. Se os perueiros acham que pegou bem para a cidade o que estão fazendo, pegou mal, só enfraqueceu o movimento, que já era inadequado."Durante o discurso, Marta Suplicy previu que em outubro deverá apresentar um novo plano de carreira para o funcionalismo público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.