Marta rebate críticas do PFL

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), rebateu hoje de manhã as críticas feitas à sua administração durante o programa político do PFL veiculado na noite de ontem. "Me pergunto se esse programa tão negativo foi feito com a verba do Caixa 2 de Curitiba", disse, referindo-se às denúncias de desvio de dinheiro de campanha contra o prefeito de Curitiba, Cassio Taniguchi (PFL). Ela aproveitou também para questionar a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, sobre o tema. "Gostaria de saber da pretensa postulante ao cargo de presidente da República o que ela acha desse Caixa 2."O programa do PFL fez duras críticas a administração petista utilizando a figura de um trem da alegria puxado pela prefeita Marta Suplicy, numa alusão à mini-reforma e constituição de 788 cargos de confianças feitos por Marta. O PFL também criticou o projeto do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) progressivo. "Não é com ódio que se conquista o coração dos paulistanos", afirmou Marta durante visita à adminstração regional do Aricanduva/Vila Formosa, na zona leste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.