Marta quer governar Prefeitura de São Paulo como Lula

No ato partidário que sacramentou sua pré-candidatura à Prefeitura de São Paulo, a ex-ministra do Turismo Marta Suplicy (PT) deixou claro que vai explorar a seu favor a quebra da aliança entre o prefeito Gilberto Kassab (DEM) e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), seus principais rivais na disputa de outubro. ?Eles são duas faces da mesma moeda?, discursou a petista. ?Conheço muitíssimo bem o limite de suas propostas e o baixo alcance de suas idéias.?Com um discurso sempre colado na imagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marta disse que quer retornar ao comando da prefeitura para retomar a ?administração marcante? que conduziu entre 2000 e 2004 na cidade. ?Eu quero fazer aqui o que o governo Lula está fazendo no Brasil. Melhorar a vida das pessoas. É isso o que realmente importa.?Marta afirmou ter atendido a uma ?convocação? de Lula ao liderar o Ministério do Turismo. Agora, disse retornar a São Paulo para uma cidade ?à deriva?, comandada por uma ?administração incapaz de ter um projeto global?. ?São Paulo precisa de alguém que saiba pensar, agir, planejar.? As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.